Cadastre-se aqui para receber artigos semanais e ganhe meu ebook!   ASSINAR              


PODCASTS

Media Training e Comunicação Pessoal | Aurea Regina de Sá

Sessão 1 – Tulio

Olá, Tulio,

Parabéns por sua disposição em avançar, esse é o ingrediente mais importante para o sucesso. Conte comigo!

Destaco abaixo alguns temas que trabalhamos durante a 1ª sessão e que farão parte da condução desse treinamento:

  • Identificação dos sentimentos, pensamentos e ações (gestos ou palavras)
  • Posicionamento
  • Autorreconhecimento

Começaremos por esses pontos para acelerar o seu desenvolvimento. E, para alargar sua auto-percepção, sugiro os seguintes desafios (por favor, faça os exercícios na ordem proposta, porque estão encadeados de forma planejada):

A. Identificação dos sentimentos, pensamentos e ações:

  • Sinta os seus sentimentos, perceba que eles existem, como e quando eles se manifestam: identifique o momento em que cada sentimento chega e onde se instala: na barriga (borboletas no estômago), no coração (aceleração do batimento cardíaco), sudorese embaixo dos braços/mãos, tremedeira? À medida em que identificar, terá maior consciência sobre eles, poderá dimensioná-los e definir qual é a intensidade que deseja para a manifestação de cada um. É, neste momento, que você assume o controle. Imagine a régua e coloque o PONTO BOM pra você:

 

 

 

B. Autorreconhecimento

  • Identifique em que você é bom. Liste tudo mesmo com a ajuda desse material aqui. Perceba se há a tentativa de autossabotagem no momento em que pensa no ponto positivo e manifeste livremente tudo o que julga sobre você mesmo. Você NÃO tem que mandar essa lista pra mim, portanto fique à vontade para listar TUDO que pensar sobre você de forma positiva, sem constrangimentos (é um momento muito particular).
    Obs.: Se surgirem pontos que você queira melhorar, faça a lista dos PONTOS DE MELHORIA em paralelo.
  • Ao fazer a lista, questione quais são as evidências para cada ponto listado.
    Exemplos:
    – Evidências de que ‘sou bom negociador’: relações de sucesso com clientes, família, colegas de trabalho; negócios efetivados; pedidos de outros para que eu negocie, etc.
    – Evidências de que ‘sou gentil’: dou passagem no trânsito, espero os mais velhos passarem à minha frente, sirvo café para um colega na copa da agência, etc.
    Obs.: Ao listar as evidências de cada PONTO POSITIVO, você deixa claras as provas de cada comportamento e isso promove uma clareza maior sobre a atitude de manter o comportamento e também dos benefícios que ele traz pra você.
  • Depois de listar os comportamentos e ações positivos (não precisa fazer isso num dia só, vá construindo aos poucos), AGRADEÇA. O convite é para você fazer uma lista da GRATIDÃO com tudo o que já fez e conquistou na vida em todas as áreas (pessoal e profissional). É importante que escreva essa lista e incorpore isso no seu dia a dia agradecendo verbal ou mentalmente (de acordo com a possibilidade e o contexto).
    Exemplos:
    – ao fazer a apresentação de uma ideia, agradeça por que passou a mensagem adequadamente;
    – ao ser convidado para participar de um evento, agradeça por ter sido lembrado;
    – ao receber o bilhete aéreo para voar na 1ª classe, agradeça por esse privilégio;
    – ao receber passagem de outro motorista no trânsito, agradeça pela gentileza;
    – ao olhar pra filha e pra esposa, agradeça pela família que tem;
    – ao entrar na associação todo dia, agradeça pela oportunidade de trabalhar nessa empresa;
    – ou seja: agradeça tudo e sempre. É um mecanismo muito forte que ao mesmo que ajuda a reconhecer tudo o que tem de bom, também consolida a sua força (autoconfiança) e te abre novas oportunidades, reforçando o sentimento de MERECIMENTO.

E, para trabalhar o MERECIMENTO, sugiro que assista a palestra da Brené Brown, filósofa e cientista da Universidade de Houston. Ela é autora de livros com os temas vergonha, vulnerabilidade e coragem. Vamos trabalhar muito esses conceitos para você alcançar o desenvolvimento que deseja (comece a refletir sobre os temas abaixo enquanto assistir ao vídeo):

VERGONHA: investigue os motivos da sua vergonha (se existir), mas antes contraponha isso às evidências sobre seus seus pontos positivos;

VULNERABILIDADE: investigue os motivos sobre a dificuldade de aceitar, perceber o julgamento do outro. O que os outros poderiam perceber em você? Se você estivesse sentado na plateia SE ASSISTINDO, julgaria que pontos em você? Você se envergonharia ou se orgulharia de ver você se apresentando lá na frente?

CORAGEM: um passo antes de assumir a sensação de merecimento é redescobrir a coragem e isso vem como consequência dos exercícios anteriores. Ao fazer a lista dos pontos positivos (não é a toa que chamo a lista de LISTA DE AUTO-PODER), reconhecer suas conquistas e agradecer e, ainda, discutir sobre as sensações de vergonha e vulnerabilidade, você passa a assumir que merece. Vamos por partes! 🙂

TRÊS CONVITES PARA DESAFIOS DA MENTE:

1. Toda vez que algum pensamento negativo aparecer, você pode fazer dois movimentos:
– Tirar o pensamento da mente (como faz ao virar a página no tablet). Isso vira automático;
– Questionar o pensamento dizendo:

‘Mente, o que você pretende ao me dizer que não vou conseguir? Eu sei que você quer o meu bem e pretende evitar que eu passe alguma situação constrangedora; eu acho isso legítimo e agradeço por seu cuidado (não brigue com a mente!), mas eu tenho uma proposta pra você: quero que me assista sem interferências para ver do que eu sou capaz. Você duvida que eu seja capaz? Então, vou te mostrar o que posso fazer, vou te mostrar que posso brilhar e te surpreender’.

Esse diálogo te coloca na condução da mente e não o contrário. Ao impedir que ela te conduza, com essa proposta de parceria com ela, você se sentirá mais autoconfiante e dono da situação.

2. Substituição dos pensamentos negativos por POSITIVOS:
Toda vez que perceber um pensamento INCAPACITANTE visitando a sua mente, substitua-o na hora por um pensamento PRÓSPERO.  Force-se a fazer isso, mesmo que a princípio não concorde muito. Para mudar um hábito, é preciso persistência! 🙂

3. Crie cenários positivos. Todos os dias tire uns minutos para produzir filmes na sua mente sobre o que deseja como resultados na vida. Você pode fazer isso enquanto estiver no trânsito de São Paulo, por exemplo. Imagine-se num palco ou à frente de um grupo numa sala de reuniões e crie cenas de como está se comportando, repare no semblante positivo das pessoas que te assistem, perceba os sentimentos que te visitam e recolha os resultados de tudo isso. Use a sua criatividade para criar um filme muito próspero.

Mantenha todas essas reflexões VIVAS na sua mente todo o tempo.

C. Relembre as situações abaixo com o maior número de detalhes e liste quais foram seus comportamentos positivos em cada uma. Também liste o que sentiu durante a interação com cada um dos interlocutores e o que sentiu depois da interação, tendo percebido seu comportamento positivo:

C1. Cliente grosseiro (espada..afff)
C2. Dona Maria (cliente da agência)
C3. Segurança (negociação sobre preço)
C4. Aluna Senac

D. Recolha depoimentos de pessoas que possam te ajudar e que façam uma avaliação da maneira como você se comunica. Pode usar o bilhete abaixo para fazer o convite a elas:

Olá,

Você pode me ajudar? A minha coach de comunicação pessoal Aurea Regina de Sá me sugeriu  fazer contato com algumas pessoas da minha confiança para perguntar como me veem como comunicador. Você pode redigir uma avaliação sincera para me ajudar a me conhecer mais? E, por favor, seja totalmente sincero, porque eu sei que conhecer a forma como as pessoas me enxergam vai me ajudar a me desenvolver.

Obrigado e um grande abraço,

Seu nome

Ah, e dê um prazo pra as pessoas te devolverem o feedback para aproveitarmos isso na próxima sessão.

→ PRÓXIMA SESSÃO: 21 de junho (quinta), às 20h (horário de Brasília).

Bom trabalho! 🙂

AUREA REGINA DE SÁ

Jornalista e Coach de Comunicação, especializada em Media Training.

Saiba mais

Podcast FALA MALDITA

Aurea na imprensa